A Fundação publicou o Documento de Orientação de Cultura de Segurança de Alimentos para empresas certificadas no Esquema FSSC 22000 em novembro de 2020 com o intuito de mostrar como as perguntas de orientações da GFSI (Global Food Safety Initiative) são atendidas por meio da ISO 22000:2018 e aos requisitos adicionais que fazem parte do Esquema. 

 

Convém que as organizações utilizem as perguntas citadas neste Documento e façam uma reflexão sobre o quanto consideraram a cultura de segurança de alimentos ao planejar, implementar, manter e melhorar o sistema de gestão de segurança dos alimentos (SGSA). E avaliar o quanto essa cultura impacta de forma positiva e negativa no atendimento dos objetivos do SGSA e estratégias do negócio. Bem como, que ações são planejadas para que ela seja ajustada a sua missão, visão e valores. A seção de “orientações” do documento apresenta exemplos sobre como demonstrar o atendimento dos requisitos das ISO com foco em cultura de segurança de alimentos. 

 

Este documento orientativo fornece também aos auditores qualificados no Esquema FSSC 22000 sobre algumas perguntas sobre cultura de segurança dos alimentos na que podem ser usadas na avaliação da conformidade, garantindo assim a abordagem com base nos elementos mínimos de uma cultura de segurança dos alimentos requeridos pelos GFSI (clique aqui e consulte o documento traduzido), sendo eles:

Cabe aos auditores, munidos com as perguntas citadas no Documento (conforme um dos exemplos referenciados acima) buscar evidências objetivas por meio de entrevista, observação e análise crítica da documentação de que como a cultura de segurança de alimentos foi considerada ao estabelecer, implementar, manter e melhorar o sistema de gestão de segurança dos alimentos e o nível de comprometimento da alta direção. No próprio documento há a indicação dos requisitos da ISO 22000 correlacionados ao tema.

 

E aí, você que faz parte de uma empresa certificada na FSSC 22000 tem clareza de que a cultura de segurança de alimentos foi considerada? Se sente confortável em apresentar as evidências de como ela faz parte do planejamento, implementação, manutenção e melhoria do SGSA?

 

O Portal e-food liderou a tradução livre deste documento para o idioma português com um grupo de profissionais para facilitar a leitura, clique aqui e consulte em downloads.